literatura chinesa

Dia do Escritor: conheça autores chineses que você pode ler no Brasil

Celebramos a data com uma seleção de autores chineses com livros publicados em Português

O escritor transporta o leitor para outras realidades e histórias. A literatura na China teve seus primeiros registros no século VI, durante a Dinastia Chou. De lá para cá, obras de grande valor cultural atravessaram fronteiras e chegaram aos leitores ocidentais. Listamos abaixo alguns dos mais famosos escritores chineses e suas principais obras publicadas em Português. Vamos conhecer?

 

Gao Xingjian

A montanha da Alma, de Gao XingjianNasceu na cidade chinesa de Ganzhou em 1940. No ano 2000, foi agraciado com o Prêmio Nobel de Literatura “por um espírito de validade universal, insights amargos e engenhosidade lingüística, que abriu novos caminhos para o romance e o drama chinês”. Uma das suas obras mais conhecidas é “A montanha da alma”, inspirada por uma viagem pela China moderna feita pelo escritor.

 

 

 

 

Mo Yan

As Rãs, de Mo YanOutro ganhador do Nobel de Literatura, Mo Yan ficou conhecido pelo estilo realista que mescla contos populares, história e contemporaneidade. Recebeu o prêmio em 2012 pelo seu aclamado livro “As Rãs”, um romance sobre a política do filho único na China. Sua forma de escrever é constantemente comparada à de Gabriel Garcia Marquez.

 

 

 

 

Lao She

O Garoto do Riquixá, de Lao SheFigurando no hall dos grandes escritores chineses está Lao She, conhecido pelo uso constante do dialeto tradicional de Beijing. She é autor do clássico “O Garoto do Riquixá”, publicado originalmente em 1937. A história é ambientada na Beijing dos anos 1920 e fala da utopia da cidade grande, que alimenta a esperança de uma vida melhor.

 

 

 

 

Ma Jian

Pequim em coma, Ma JianOs escritores contemporâneos estão entre os responsáveis pelo aumento da disseminação da literatura chinesa na sociedade ocidental. Entre os novos autores se destaca Ma Jian. O livro “Pequim em coma” é considerado a obra-prima de Jian. Retrata os protestos estudantis na Praça da Paz Celestial e fala sobre uma China em transformação.

 

 

 

 

Saiba mais sobre a literatura chinesa e seus 3 mil anos de história!

Xinran 

As boas mulheres da China, de XinranA escritora e jornalista Xinran também se destaca entre os grandes nomes da nova literatura chinesa por traçar um panorama sobre a condição feminina no país asiático, como visto em seu livro “As boas mulheres da China”. É colunista do britânico The Guardian e professora na Universidade de Londres. Também criou uma ONG para auxiliar órfãos chineses, estreitando sua relação com o ocidente.

 

 

 

Jung Chang

Cisnes Selvagens, Jung ChangAutora de importantes títulos da literatura contemporânea, Jung Chang ficou famosa pelo best-seller “Cisnes Selvagens”. A autobiografia fala sobre sua experiência de vida durante a Revolução Cultural chinesa. Vendeu mais de 10 milhões de cópias em todo o mundo.

 

 

 

 

 

Uma das missões do Ibrachina é promover a integração cultural entre o Brasil e a China. Na área da literatura, atua em parceria com a Editora D’Plácido desde 2018. “Nosso foco é a veiculação de periódicos, artigos e livros jurídicos com a temática do Direito chinês e do Direito brasileiro, o desenvolvimento de projetos jurídicos, além da tradução de obras literárias clássicas chinesas e brasileiras para a divulgação nos dois países”, explica Thomas Law, presidente do Ibrachina.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Veja também

Qigong

Qigong, Chi Kung ou Kikō são exercícios corporais da Medicina Tradicional Chinesa. Com a finalidade de estimular e promover a circulação de energia, a técnica promove o bem estar e o equilíbrio energético.