O bem-sucedido sistema educacional chinês

O modelo de ensino da China é famoso mundialmente por sua qualidade e resultados excepcionais

O sistema de educação na China é reconhecido mundialmente por sua rigorosidade, disciplina e competitividade. A eficiência da metodologia mantém a taxa de alfabetização no país em torno de 94%. Desde o final da década de 1970 o governo faz investimentos massivos em educação. Novas escolas foram construídas, as instalações existentes foram melhoradas e o sistema foi reformulado para aumentar seu nível de qualidade.

O ensino chinês é obrigatório e gratuito até os 15 anos. As crianças aprendem a escrever logogramas e a fazer contas básicas durante os 3 anos da fase pré-escolar. Entram no nível fundamental aos 6 anos de idade e começam a ser introduzidas em questões acadêmicas, morais e profissionais. Depois de 6 anos os alunos ingressam no primeiro ciclo do ensino médio, o último obrigatório e gratuito exigido por lei.

O bem-sucedido sistema educacional chinês

As rigorosas avaliações durante os primeiros anos escolares definem quais alunos frequentarão faculdades prestigiadas e quais irão para instituições não tão renomadas. A partir deste direcionamento os estudantes iniciam o segundo ciclo do ensino médio, seja preparatório para a universidade ou profissionalizante. O currículo segue por 3 anos e inclui cursos tradicionais – mandarim, matemática, química, biologia, tecnologias de informação –  e línguas estrangeiras.

O acesso ao ensino superior é realizado através de um vestibular que abrange o país inteiro. O método é similar ao ENEM brasileiro e chama-se Gao Kao. Essa avaliação é considerada por muitos o dia mais importante de um cidadão. A estrutura da educação superior é semelhante à ocidental e é composta pelo bacharelado (4 anos), mestrado (3 anos) e doutorado (3 anos). Entre as universidades chinesas mais disputadas estão a Universidade de Pequim, a Universidade Chinesa de Ciência e Tecnologia e a Universidade Jiao Tong de Xangai.

Cerca de 10 milhões de estudantes prestaram o vestibular chinês em 2019
Cerca de 10 milhões de estudantes prestaram o vestibular chinês em 2019

O modelo educacional bem-sucedido da China tornou-se fonte de inspiração para diversas instituições pelo mundo. Uma equipe de educadores da escola goianiense Ethos esteve na YK Pao School para conhecer de perto o sistema desenvolvido pela entidade. A escola localizada em Xangai foca na formação de valores éticos e morais, e costuma incluir a família na rotina escolar.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Veja também

Vestimentas

As vestimentas tradicionais da China variaram ao longo dos diferentes períodos históricos e contextos sociais. Diferente da cultura do ocidente, os chineses não adotaram o estilo contemporâneo imediatamente.