25 de março de 2021

Com apoio do Ibrachina, OAB promove bate-papo com a chefe do Núcleo China no Ministério da Agricultura

Encontro virtual com Larissa Wachholz se dará com os membros da Coordenação Brasil/China, do Conselho Federal da OAB e das Seccionais da Ordem nos estados

A Ordem dos Advogados do Brasil promove, com apoio do Instituto Sociocultural Brasil-China (Ibrachina), um bate-papo com Larissa Wachholz, chefe do Núcleo China no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). O encontro virtual, a ser realizado em 26 de março, a partir das 9h, é destinado aos membros da Coordenação Brasil/China no Sistema OAB.

A China, parceira líder do Brasil há 12 (doze) anos consecutivos, é o principal destino das exportações brasileiras. Apenas em 2020, o gigante asiático adquiriu o equivalente a cerca de US$ 70 bilhões em agronegócio – 1/3 do que o Brasil vendeu para todo o mundo. Em ano de pandemia e notória crise econômica, o fluxo comercial com a China foi responsável por 2/3 do superávit brasileiro.

Diante de dados como esses, do grande potencial de crescimento e da importância das relações sino-brasileiras para o desenvolvimento do Brasil, a Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, criou no final de 2019 uma unidade estratégica para cuidar das relações com a China, no âmbito do órgão federal. Para comandar o Núcleo Brasil/China, Cristina identificou Wachholz como referência na iniciativa privada e a convidou para sua assessoria especial.

Larissa morou em Pequim por cinco anos e é fluente em mandarim, tendo realizado mestrado em Estudos Contemporâneos da China pela Universidade de Renmin. É, ainda, ex-diretora da consultoria de investimentos Vallya e já coordenou uma série de missões do Brasil na China.

Para Thomas Law, presidente do Ibrachina e da CNRBC, o bate-papo com Larissa Wachholz “é uma oportunidade única para a advocacia nacional conhecer mais e melhor as atividades desenvolvidas pelo Ministério da Agricultura com foco na China, podendo não apenas aprender muito com a exposição que será realizada, como também tirar dúvidas, ter esclarecimentos, fazer comentários e propor sugestões pragmáticas”. De acordo com Law, o encontro “será o primeiro de outras reuniões e bate-papos especiais com a mesma dinâmica, com o objetivo de propiciar aprimoramento profissional e networking”.

Wachholz antecipou que assim que assumiu o Núcleo China do Ministério da Agricultura, estabeleceu “quatro áreas prioritárias de atuação a longo prazo: abertura comercial, atração de investimentos, central de informações e ações de inovação e sustentabilidade”. Para Larissa, “vai ser um grande prazer trocar experiências e conversar em alto nível com os membros da coordenação Brasil/China do Sistema OAB”, finalizou.

Brasil/China no Sistema OAB

A OAB Nacional estabeleceu a Coordenação Brasil-China (CNRBC/CFOAB) para aprimorar a cooperação jurídica e o intercâmbio bilateral, em suas mais diversas naturezas, com a nação chinesa – principal parceira comercial do Brasil.

A CNRBC atua em estreita sinergia com as Seccionais da OAB em todos os Estados do Brasil, representadas por membros e por Núcleos locais congêneres. Atua ainda em parceria com a China Law Society, entidade de advocacia chinesa.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Notícias relacionadas

Observatório do Coronavírus #134

Pesquisador brasileiro ganha bolsa para estudar novo coronavírus nos EUA; Governo federal recebe doação chinesa de 6,7 milhões de máscaras N95

Observatório do Coronavírus #92

Brasil fica em 4º no ranking mundial de volume diário de óbitos por COVID-19; SP decreta obrigatoriedade do uso de máscaras e bloqueia avenidas para estimular isolamento social