Construção da estação espacial chinesa está prestes a começar

11 de março de 2020

Construção da estação espacial chinesa está prestes a começar

Mais de 10 missões espaciais estão programadas para os próximos 3 anos, e o objetivo é completar o projeto até 2022

O lançamento inaugural do foguete Long March – 5B está programado para abril deste ano. A nave portará uma versão de testes da nova geração de veículos espaciais tripulados da China – entretanto, esta fase inicial não terá tripulantes. O voo marca o início da construção da estação espacial. Todos os dispositivos estão sendo testados no Centro de Lançamento Espacial de Wenchang, na província insular de Hainan, no sul do país.

O Long March – 5B é uma versão modificada do Long March – 5, considerado o maior foguete de transporte da China. De acordo com a Agência Espacial Tripulada da China – CMSA, a principal função do foguete será o envio de cápsulas para a estação espacial e de grandes naves para a órbita terrestre. O veículo tem cerca de 53,7 metros de comprimento, com um núcleo de 5 metros de diâmetro e quatro propulsores de 3,35 metros de diâmetro. Usa combustível ecologicamente correto que inclui querosene, hidrogênio e oxigênio líquidos. Tem um peso de decolagem de cerca de 849 toneladas e uma capacidade de carga útil de 22 toneladas para a órbita terrestre. As informações são do Diretor-Chefe da equipe de desenvolvimento do Long March – 5B na Academia Chinesa de Tecnologia de Veículos de Lançamento da Companhia de Ciência e Tecnologia Aeroespacial da China, Wang Jue.

Um modelo em tamanho real do módulo principal da estação espacial chinesa Tianhe exibido na 12ª Exposição Internacional de Aviação e Aeroespacial da China (Airshow China) - Foto: Xinhua
Um modelo em tamanho real do módulo principal da estação espacial chinesa Tianhe exibido na 12ª Exposição Internacional de Aviação e Aeroespacial da China (Airshow China) – Foto: Xinhua

Depois do voo inaugural da Long March – 5B, a versão 5 transportará a primeira sonda chinesa para Marte e a sonda lunar Chang’e-5. De acordo com a CMSA, mais de 10 missões estão programadas pelos próximos 3 anos para a conclusão da estação espacial – a expectativa é que ela esteja pronta em 2022. A China ainda enfrenta muitos desafios, e os exercícios constantes realizados no centro de lançamento espacial e o voo inaugural da Longa Marcha-5B são muito importantes, disseram especialistas.

A estação espacial será construída em formato de T, com o módulo principal ao centro e uma cápsula laboratorial em cada lado. Na parte central de 16,6 metros de comprimento e 4,2 metros de diâmetro, funcionará o centro de controle e gerenciamento. O módulo principal terá capacidade para três tripulantes e um sistema de renovação de recursos como água e oxigênio.

Veja algumas imagens sobre a preparação da Long March-5B para o lançamento:

 

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Notícias relacionadas