4 de maio de 2020

Embaixador da China garante que China está pronta para expandir cooperação com Brasil

Entrevista concedida por Yang Wanming ao jornal Folha de S. Paulo é a 1ª após ataques sinofóbicos feitos por autoridades brasileiras

O Embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, fez sua primeira entrevista para o jornal Folha de S. Paulo depois dos ataques sinofóbicos do deputado Eduardo Bolsonaro e do ministro da Educação, Abraham Weintraub. Mesmo com uma postura menos combativa, o embaixador não deixou de passar recados às autoridades que vêm culpando a China pela disseminação da Covid-19. Afirmou que a China está pronta para trabalhar com o governo brasileiro para “tirar as interferências, diminuir as divergências e expandir as cooperações”.

Wanming declarou que a China “já superou o período mais difícil, de maneira que a epidemia está praticamente sob controle em todo o território. A retomada das atividades econômicas está avançando de forma ordenada, e a normalidade social está sendo restaurada”. Entretanto, o embaixador ressaltou que “a China ainda corre o risco de ter uma segunda onda e, portanto, não pode relaxar”.

Sobre a aplicabilidade das experiências chinesas no combate à pandemia, Wanming afirmou que “a China está disposta a compartilhar práticas de prevenção e controle com o Brasil e os demais países do mundo, mas não pretende fazer marketing das suas experiências”. “A evolução epidêmica pode tomar rumos diferentes devido à estrutura demográfica, condições climáticas e hábitos de cada país”, enfatizou.

 

Leia a entrevista completa no site da Folha de S. Paulo – clique aqui!

 

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Notícias relacionadas

Observatório do Coronavírus #212

Cinco estados brasileiros já têm previsão para retorno das aulas presenciais na rede estadual. RJ reabre centros culturais a partir de amanhã.

Wallace Pereira, presidente da associação de moradores da Rocinha - Foto: Herculano Barreto Filho/UOL

Observatório do Coronavírus #77

ONG oferece testes gratuitos para coronavírus na Rocinha; Manifestações em capitais pedem fim do isolamento social e atacam autoridades