20 jul 2021

Futebol feminino: Brasil e China estreiam com confronto na Olimpíada de Tóquio

A dois dias da abertura oficial da Olimpíada de Tóquio, as seleções femininas de futebol do Brasil e da China estreiam na competição. Aqui no Brasil, o jogo começa às 5h desta quarta-feira, dia 21. Tem de madrugar para acompanhar o jogo – de uma modalidade que faz muito mais sucesso na China do que por aqui. Por lá, futebol feminino lota os estádios, incluindo os da equipe brasileira em jogos amistosos ou de campeonato. A seleção feminina brasileira, aliás, ficou com a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de 2008, realizados em Beijing.

Cíntia Barlem, jornalista e produtora no SporTV News, acompanha o futebol feminino de perto, e conta que suas expectativas para o jogo são positivas. Segundo ela, devido à pandemia, a seleção feminina chinesa e a Liga nacional interromperam as competições, mas mantiveram os treinamentos coletivos, uma vantagem em comparação à seleção brasileira. Isso porque por aqui o grupo não estava treinando em conjunto, pois algumas das jogadoras estavam na Europa e não podiam se deslocar.

Barlem não revela palpite sobre quem deverá vencer a partida, mas destaca que a estrela do time chinês é a camisa 7, Wang Schuang, que já atuou no Paris Saint-German (PSG). Segundo a jornalista, Wang tem um estilo de jogo parecido com o da rainha brasileira Marta – que também estará em campo na quarta-feira.

Retrospecto

Brasil e China já fizeram 11 partidas, com cinco vitórias para a Amarelinha, cinco empates e apenas uma derrota. O Brasil soma 22 gols marcados e apenas nove sofridos.

Paixão brasileira e chinesa

O futebol é paixão brasileira, chinesa e até mundial. E pode ter nascido na China. Há pelo menos 2.300 anos começou a ser praticado por lá o cuju, um esporte muito parecido com o futebol e que tem referência desde o século III, segundo a revista do Instituto Confúcio em português.

As mulheres chinesas já jogavam futebol desde o século XII, segundo uma pintura de época do artista Su Hanchen, em que quatro figuras femininas aparecem chutando uma bola colorida.

Hoje o futebol feminino é robusto por lá. A Superliga Chinesa Feminina surgiu em 1997. No início, eram só quatro equipes, número que dobrou com clubes das cidades de Dalian, Shanghai, Shandong, Changchun, Nanjing, Beijing, Qinhuangdao e Tianjin.

Foto Seleção Chinesa: Divulgação Fifa
Foto Seleção Brasileira: Sam Robles/CBF

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Notícias relacionadas

Observatório do Coronavírus #99

Disney Xangai reabre e ingressos esgotam em minutos; Proliferação da COVID-19 na Amazônia quebra hipótese sobre baixa proliferação no calor