21 de maio de 2020

Ibrachina e Embaixada da China no Brasil doam EPIs à Prefeitura de Foz do Iguaçu

As quatro mil máscaras cirúrgicas e os mil aventais descartáveis serão utilizados no combate à pandemia do novo coronavírus na cidade

A Embaixada da China e o Ibrachina realizaram a doação de quatro mil máscaras cirúrgicas e mil aventais descartáveis para a Prefeitura de Foz do Iguaçu, que serão utilizados no enfrentamento ao novo coronavírus na cidade.

Os produtos anti-epidêmicos,  no valor de R$ 13,5 mil, foram doados pelo Instituto após um pedido feito pela Diretoria de Assuntos Internacionais do município. A solicitação foi realizada no dia 05/05 ao presidente do Ibrachina, Thomas Law.  A instituição realizou a compra dos materiais e também ficou responsável pelo custo do frete da carga até o município.

“Neste momento descobrirmos muitos parceiros e todo apoio é essencial. Nos próximos dias receberemos uma nova remessa de doações de máscaras N-95, da cidade de Xiamen. Juntos, somamos esforços no combate ao coronavírus”, comentou o prefeito Chico Brasileiro.

“A irmanação existente entre Foz do Iguaçu e cidades chinesas, além das parcerias na realização de eventos culturais, e o apoio da Embaixada da China no Brasil, foram essenciais para que o município recebesse a doação. O material ficará à disposição da Secretaria de Saúde”, explicou o diretor de Assuntos Internacionais, Jihad Abu Ali.

Nos próximos dias, o município receberá uma nova doação só que desta vez da prefeitura de Xiamen, cidade co-irmã de Foz do Iguaçu. A carga com 10 mil máscaras, modelo N95, será utilizada por profissionais da saúde no enfrentamento ao novo coronavírus na cidade. O frete da carga, avaliada em R$ 250 mil, será custeado pela prefeitura da cidade chinesa.

A doação se soma a outras realizadas para municípios brasileiros pela comunidade chinesa – no Brasil e na China. O Governo do Brasil recebeu doação de 2 toneladas de suprimentos médicos do governo chinês. Campinas, interior de São Paulo, recebeu em abril 80 mil máscaras de proteção das cidades chinesas de Fuzhou e Dongguan. No mesmo mês, a Prefeitura de Xangai fez uma doação de 50 mil EPIs para hospitais da capital paulista. As doações também chegam de empresas e órgãos públicos: o Banco da China doou máscaras e uniformes pra a Prefeitura de São Paulo, enquanto a empresa Fosun doou EPIs e kits de testagem para o Governo do Distrito Federal. Já o Governo de Shenzhen doou 30 mil máscaras para a capital paulista. No Rio de Janeiro, a comunidade chinesa doou 150 mil máscaras para os hospitais da cidade e mais de 2 mil cestas básicas para as comunidades carentes.

 

 

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Notícias relacionadas