7 de fevereiro de 2020

Ibrachina lança Central de Denúncias contra racismo

Iniciativa reunirá os dados que serão entregues às autoridades brasileiras para que adotem as medidas legais cabíveis

O Instituto Sociocultural Brasil-China – Ibrachina tem recebido mensagens de pessoas de origem chinesa e de outros países asiáticos, bem como seus descendentes, relatando casos de racismo e xenofobia. Para atender esta demanda, criou uma Central de Denúncias. O objetivo é centralizar as informações sobre estes crimes, reunindo os dados que serão entregues às autoridades brasileiras para que adotem as medidas legais cabíveis.

As denúncias podem ser realizadas através do e-mail [email protected]. Orientamos que informem os nomes completos, a data, local e horário do fato, e incluam um relato do que aconteceu com fotos e/ou vídeos, se possível.

“Reiteramos o compromisso do Instituto em promover a amizade, a solidariedade e a integração entre os povos, combatendo toda forma de discriminação. A nossa forma de ajudar é cooperando com as autoridades”, destaca Thomas Law, presidente do Ibrachina.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Notícias relacionadas

Observatório do Coronavírus #210

Número de óbitos por coronavírus no Brasil ultrapassa 120 mil. Instituto Butantan prevê 45 mi de vacinas contra COVID-19 no SUS até dezembro.

Funcionária limpa catracas na Estação Consolação da Linha 2 - Verde do Metrô de São Paulo; higienização foi intensificada nos últimos dias para prevenir a disseminação do coronavírus - Foto: Marcelo Brandt/G1

Observatório do Coronavírus #46

Governo Federal anuncia pacote de medidas de prevenção aos impactos do coronavírus na economia; Brasil tem 6 mortes e 621 casos de infecção causados pela COVID-19