Ibrachina participa do “16º Congresso Brasileiro de Direito Internacional” em Foz do Iguaçu

23 de agosto de 2018

Ibrachina participa do “16º Congresso Brasileiro de Direito Internacional” em Foz do Iguaçu

O presidente do Ibrachina, Thomas Law,palestrou nos painéis “Arbitragem e Administração Pública: O princípio da transparência” e “Proteção de Dados”

O Instituto SocioCultural Brasil/China – Ibrachina participa hoje (23) do “16º Congresso Brasileiro de Direito Internacional”. O evento acontece entre os dias 22 e 25 de Agosto em Foz do Iguaçu e tem apoio do Ibrachina.

O presidente do Ibrachina, Thomas Law, fará a exposição dos painéis “Arbitragem e Administração Pública: O princípio da transparência” e “Proteção de Dados”, no dia 24 (sexta-feira). Diversos temas serão apresentados pelo núcleo de estudo de comércio internacional da PUC-SP, formado pelos professores Cláudio Finkelstein, Maria Eugênia Finkelstein, Napoleão Casado Filho, Marcelo Escobar, Eduardo Terashima e Thomas Law, que também estarão no evento.

Thomas é advogado, especialista em direito civil e processo civil pela FAAP, especialista em direito penal econômico pela GV LAW, mestre em direito internacional pela PUC/SP, doutorando em direito comercial pela PUC/SP, membro do ICCA, autor do livro: “O Reconhecimento e a execução de sentenças arbitrais estrangeiras no Brasil” e presidente do Ibrachina.

O Ibrachina tem como missão estreitar os vínculos entre Brasil e China e contribuir para o desenvolvimento sociocultural em ambos os países. O Ibrachina apoia espaços de discussão sobre temas relevantes para as relações internacionais.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Notícias relacionadas

Foto de capa: Barcroft Media

Observatório do Coronavírus #114

Comunidade chinesa do RJ doa EPIs para hospitais da capital e cestas básicas para comunidades carentes; SP planeja “quarentena inteligente” para junho

Observatório do Coronavírus #138

Brasil atinge a marca de 1 milhão de pessoas infectadas pelo coronavírus; Catorze Estados apresentam tendência de queda de internações ligadas à COVID-19