14 maio 2021

Observatório do Coronavírus #315

O Instituto Butantan, de São Paulo, ainda não tem previsão de quando poderá produzir novas vacinas devido à falta de insumos no laboratório para a produção da CoronaVac. Na manhã desta sexta-feira, foi oficializado o repasse dos 1,1 milhão de imunizantes remanescentes. Com o atraso na chegada dos insumos, que vêm da China, deve atrasar o cronograma para maio e junho.

 

No Rio Grande do Sul, autoridades sanitárias do Estado foram alertadas de que houve a identificação o na Argentina dois casos da variante indiana do novo coronavírus. Embora não haja pesquisa sobre eventual maior letalidade ou gravidade da doença causada por esta nova cepa, há evidências de que ela seja mais transmissível. Com mais casos, há possibilidade de se estressar o sistema de saúde, o que o Brasil viveu poucas semanas após o Carnaval em quase todos os seus estados, simultaneamente.

 

A Fiocruz alertou nesta quinta-feira que o Brasil vive altos níveis de transmissibilidade e que uma nova onda pode ocorrer, especialmente em decorrência do inverno, quando doenças respiratórias são mais comuns. O Brasil contabiliza mais de 15,4 milhões de casos e 430 mil mortes.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Notícias relacionadas