20 de março de 2020

Observatório do Coronavírus #47

Cientistas apontam que o ritmo de contágio do coronavírus no Brasil está igual ao registrado anteriormente na Itália; Senado aprovou decreto de calamidade pública

Cientistas apontam que o ritmo de contágio do coronavírus no Brasil está igual ao registrado anteriormente na Itália, com número de casos dobrando a cada 54 horas. Presidente do Hospital Albert Einstein prevê pico de contágio em duas semanas. Senado aprovou decreto de calamidade pública.

STATUS DO CORONAVÍRUS

O Ministério da Saúde do Brasil divulgou na noite de hoje (20/3) novo balanço que aponta 904 casos confirmados de coronavírus em território nacional. País já registrou 11 mortes causadas pelo vírus.

A Comissão Nacional de Saúde da China confirmou um total de 80.967 casos de coronavírus em 31 províncias do país até às 24h do dia 19/03/2020, sendo 2.136 casos graves, 3.248 casos de morte e 71.150 casos curados. Até o momento, há 104 casos de suspeita da doença e 8.989 pessoas continuam em observação médica.

NOTÍCIAS

FAKE NEWS

LINK RELACIONADOS

A estátua do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, recebeu um show de projeções em homenagem aos países que estão lutando contra o coronavírus:

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Notícias relacionadas

Agente de saúde se emociona ao abraçar colega após fim de isolamento em Wuhan Foto: Aly Song/Reuters

Observatório do Coronavírus #66

Isolamento de Wuhan, epicentro do surto do novo coronavírus, chega ao fim; Ministro da Saúde garante apoio da China para combate à epidemia no Brasil

Observatório do Coronavírus #129

Disseminação da COVID-19 aumenta no interior do Brasil; EUA enfrentam nova onda de contágio pelo coronavírus em áreas que ainda não haviam sido atingidas

Observatório do Coronavírus #60

Casos confirmados da COVID-19 no mundo se aproxima de 1 milhão; Brasil convoca profissionais de diferentes áreas médicas e biológicas para atuar em uma eventual emergência no SUS