Número de mortes no Brasil sobe mais uma vez; taxa de letalidade do coronavírus no país atinge 1,6% - Foto: Roosevelt Cassio

22 de março de 2020

Observatório do Coronavírus #49

Ministro da Saúde defende adiamento das eleições deste ano para conter disseminação do coronavírus; Casos confirmados no Brasil sobem para 1.546 e fatalidades chegam a 25

Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, defendeu o adiamento das eleições deste ano para conter a disseminação do coronavírus. Número de casos confirmados no Brasil sobe para 1.546 e fatalidades chegam a 25. A Agência Nacional de Aviação Civil cria formulário online para ajudar brasileiros que estão no exterior a voltarem ao país.

STATUS DO CORONAVÍRUS

O Ministério da Saúde do Brasil divulgou na tarde de hoje (22/3) novo balanço que aponta 1.546 casos confirmados de coronavírus em território nacional. País já registrou 25 mortes causadas pelo vírus.

A Comissão Nacional de Saúde da China confirmou um total de 81.054 casos de coronavírus em 31 províncias do país até às 24h do dia 21/03/2020, sendo 1.845 casos graves, 3.261 casos de morte e 72.244 casos curados. Até o momento, há 118 casos de suspeita da doença e 10.071 pessoas continuam em observação médica.

NOTÍCIAS

Comitê Olímpico Brasileiro - COB defende adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para 2021; início das competições estava previsto para 24 de julho deste ano - Foto: AFP Photo / Kazuhiro NOGI

FAKE NEWS

LINK RELACIONADOS

Atila Iamarino, microbiologista com pós doutorado em virologia e em genética de microorganismos, fez uma live em seu canal no Youtube para falar sobre como a epidemia vai se desenrolar no Brasil nas próximas semanas:

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Notícias relacionadas

Observatório do Coronavírus #54

EUA se tornam o país com mais casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus no mundo, ultrapassando a Itália e a China em pouquíssimo tempo

Observatório do Coronavírus #146

Governo Federal anuncia acordo de cooperação para acesso e desenvolvimento à vacina para COVID-19. União Europeia exclui Brasil de lista para reabertura de fronteiras.