Foto: Carl De Souza / AFP

4 de maio de 2020

Observatório do Coronavírus #92

Brasil fica em 4º no ranking mundial de volume diário de óbitos por COVID-19; SP decreta obrigatoriedade do uso de máscaras e bloqueia avenidas para estimular isolamento social

Foto de capa: Carl De Souza / AFP

Ouça a matéria:

O informe diário da Organização Mundial da Saúde publicado ontem aponta que o Brasil já supera praticamente todos os países europeus no volume de mortes causadas pela COVID-19 por dia. Apenas EUA, Reino Unido e Itália tiveram um número maior de óbitos que o país no período calculado. De acordo com o informe, o Brasil somou 428 mortes no período de 24 horas da coleta de dados. O documento considera os dados atualizados pelos governos e entregues à entidade, o que de fato representa um atraso de cerca de um dia na contabilidade. 

O governador do estado de São Paulo, João Doria, anunciou hoje (4/5) a obrigatoriedade do uso de máscaras em todo o Estado. Doria afirmou que a medida vale para qualquer pessoa que esteja caminhando, andando ou se dirigindo a qualquer local dentro do território estadual, e que a fiscalização será feita pelas prefeituras. Bruno Covas, prefeito da capital, declarou que as empresas de ônibus serão multadas em R$3.300 por dia, para cada coletivo que transportar pelo menos um passageiro sem máscara.

A Prefeitura de São Paulo iniciou hoje o bloqueio parcial de quatro avenidas para estimular a população ao isolamento social e impedir o avanço do novo coronavírus. As interdições acontecem em vias importantes de todas as regiões da capital e já provocam lentidão. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego – CET, o bloqueio ocorre apenas no horário de pico da manhã, das 7h às 9h.

No Rio de Janeiro, funcionários do Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, a unidade de referência para tratamento do coronavírus na rede da capital, denunciam a falta de remédios para manter os pacientes sedados. Profissionais afirmam que parte do estoque foi reposta ainda no domingo — mas em quantidade insuficiente. Um dos diretores do hospital confirma que as medicações vitais ao ser humano internado é fundamental para garantir a dignidade do atendimento. A ausência disso pode fechar imediatamente o serviço. A prefeitura nega a falta de remédios na região.

O governador do Estado, Wilson Witzel, sancionou a lei aprovada na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro que obriga a disponibilização de álcool-gel em estações de trem, metrô e barcas. A lei impede que as concessionárias aumentem as tarifas para que o produto seja oferecido, além de prever multa R$1.775 em caso de descumprimento. Em caso de reincidência, pode chegar a R$17.750.

A prefeitura do Recife planeja ampliar as medidas de isolamento social por causa da pandemia e não descarta adotar o “lockdown”, que é o bloqueio total da cidade. Em entrevista ao Bom Dia Pernambuco desta segunda (4/5), o prefeito Geraldo Júlio sugeriu que o auxílio emergencial de R$ 600 fosse pago pelo governo federal em todos os bancos, devido às aglomerações nas agências da Caixa Econômica Federal. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, até ontem, havia 8.643 pacientes confirmados pela doença e 652 óbitos ocasionados pelo vírus.

Entre as cidades brasileiras que já decretaram o “lockdown”, estão São Luís, no Maranhão, e Santa Rita, na Paraíba

O pico da COVID-19 em Minas Gerais pode ocorrer em 6/6. A informação foi repassada pelo secretário de estado da Saúde, Carlos Eduardo Amaral, em entrevista coletiva. Carlos explicou que o comportamento do vírus é diferente nos municípios de forma que o pico pode chegar em momentos distintos às cidades. Anteriormente, a estimativa de pico havia sido feita para 3/6. O secretário apresentou o número de óbitos para indicar que o governo tem feito um trabalho eficaz no Estado. Além disso, lembrou que o boletim epidemiológico desta segunda-feira registra 90 óbitos e que outros 86 estão em investigação.

O Brasil chegou à marca de 102 mil casos confirmados pela Covid-19, sendo 7 mil mortes registradas em todo o país, segundo dados do Ministério da Saúde. Atualmente, o país ocupa o 7º lugar no ranking mundial de óbitos e o 9º lugar no total de infectados. Os dados são da Universidade John Hopkins.

ACOMPANHE O STATUS DO CORONAVÍRUS NO BRASIL EM TEMPO REAL

Mapa de casos no país atualizado em tempo real
Calculadora de pressão assistencial por Estado - A calculadora permite estimar a pressão assistencial esperada em função de incremento de necessidade de internações pelo COVID-19. Todos os parâmetros abaixo podem ser ajustados para melhor refletir a sua realidade local. Uma vez ajustados a simulação considera os novos parâmetros escolhidos para estimar a taxa de ocupação de leitos em cada município
Gráfico do Ministério da Saúde de casos acumulados de pessoas infectadas e óbitos

LINKS RELACIONADOS

No Rio de Janeiro não havia mais vagas em hospitais municipais nesta segunda-feira (4/5) - Foto: AFP
No Rio de Janeiro não havia mais vagas em hospitais municipais nesta segunda-feira (4/5) - Foto: AFP

FAKE NEWS

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Notícias relacionadas

Observatório do Coronavírus #145

Governo de SP autoriza reabertura de bares, restaurantes e salões de beleza, com restrições. Prefeitura de SP afirma que total de infectados por coronavírus na capital pode ser 10 vezes maior que índice oficial