29 de maio de 2019

Organização Mundial da Saúde inclui Medicina Chinesa na Classificação Internacional de Doenças (CID)

Novo Código Internacional de Doenças da OMS inclui capítulo para Medicina Chinesa.

A 11ª revisão da Classificação Internacional de Doenças (CID) inclui a Medicina Tradicional Chinesa pela primeira vez. O CID-11 foi aprovado na 72ª Assembleia Mundial da Saúde, em Genebra, na Suíça. As diretrizes do CID-11 entram em vigor a partir de Janeiro de 2022.

Atendimento de pacientes

O CID é um catálogo de códigos específicos para uma ampla variedade de doenças, sinais e sintomas, muito utilizado por profissionais da saúde no dia a dia. Além disso, ele é utilizado para troca de informações sobre pacientes e para a coleta de dados oficiais.

A sua versão mais atual inclui a Medicina Chinesa pela primeira vez. Trata-se de um capítulo complementar dedicado às medicinas tradicionais e suas condições. Embora as técnicas da medicina tradicional sejam aplicadas no mundo todo, não havia o reconhecimento deste sistema até o momento.

Farmácia na China

Esta é uma boa notícia para os profissionais da medicina tradicional. A codificação do CID ajuda os planos de saúde, pacientes e seguradoras na gestão dos cuidados de saúde e na unificação de dados epidemiológicos. A inclusão da Medicina Chinesa permite a produção e a circulação de informações importantes comumente usadas na China, Japão e Coreia.

Atendimento inicial de pacientes

A mudança sinaliza um avanço importante para a internacionalização das técnicas da Medicina Chinesa. É o reconhecimento de um saber milenar.

Para saber mais sobre a Medicina Tradicional Chinesa leia a matéria no link http://bit.ly/2QAr9th

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Notícias relacionadas

Observatório do Coronavírus #119

Prefeitura de São Paulo prorroga quarentena na capital paulista por mais 15 dias; Parques temáticos europeus começam a reabrir e Disney Flórida anuncia que receberá visitantes a partir de julho

Observatório do Coronavírus #118

Correios do Brasil e da China firmam acordo para viabilizar transporte marítimo de encomendas; Brasil torna-se o 5º país com mais óbitos em decorrência da COVID-19

Foto de capa: Rahel Patrasso/Xinhua

Observatório do Coronavírus #117

Brasil integra iniciativa da OMS para facilitar acesso à tecnologia no combate à COVID-19; SP registra recorde de infecções 24 horas após anunciar regras de flexibilização da quarentena