Nova animação da Netflix enaltece cultura chinesa

Enredo de “A Caminho da Lua” explora a mitologia chinesa, a gastronomia local e os avanços tecnológicos do país

Imagem de capa: Divulgação/Netflix

“A Caminho da Lua”, nova animação da Netflix que será lançada na próxima sexta-feira (23/10), lança um olhar positivo para a cultura chinesa. O longa dirigido por Glen Keane explora os encantos do gigante asiático a partir da gastronomia local, dos avanços tecnológicos e da milenar mitologia chinesa.

A protagonista da animação é uma jovem chamada Fei Fei, que não se adapta à nova configuração familiar depois da perda de sua mãe. A madrasta tem um filho mais novo que Fei Fei, que tenta se aproximar da protagonista como seu irmão, por mais que ela o rejeite. Para fugir dessa situação, a jovem se volta para as histórias que a mãe lhe contava sobre Chang’e, a Deusa da Lua na mitologia chinesa. 

Apaixonada por ciências e disposta a provar a existência da divindade àqueles que duvidam, Fei Fei constrói um foguete e parte rumo à lua. A aventura acaba ensinando à jovem lições importantes sobre a finitude e o amor, especialmente sob a perspectiva de que a busca por algo inalcançável pode fazer se perder aquilo que já está ao nosso redor. 

O diretor Glen Keane revelou em entrevista que suas inspirações retratam o afeto que recebeu de crianças chinesas em uma visita ao país há alguns anos. “Fiquei tão tocado pelo amor deles, pelas histórias dele, que pensei em pegar essas histórias e dividir com o mundo. Para isso foi muito importante ter uma equipe autenticamente chinesa”, afirma. O longa tem produção executiva de Janet Yang, Ruigang Lee, Frank Zhu e Thomas Hui, de nacionalidade ou ascendências chinesa.

“O filme é sobre mostrar o que eles cresceram vendo, nos lares deles, o respeito pelas gerações anteriores. Tudo de forma muito sincera. Abraçar não só a lenda, mas a cultura atual, mostrada no trem magnético de levitação”, complementou. “Me recusei a olhar para algo que não fossem as melhores intenções de uma nação que procura crescer e enriquecer suas tecnologias, valorizando suas histórias, comida e música. Essas coisas me inspiraram, então escolhi ignorar qualquer viés político que esteja ocorrendo e foquei nessas coisas que importam para mim”, finalizou.

Confira o trailer de “A Caminho da Lua”:

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Veja também

Tai Chi

O Tai Chi é uma arte marcial de origem chinesa. Seu estilo suave favorece o relaxamento e a meditação.