Representação da lenda de Chang’e no Festival da Lua

6 de novembro de 2019

Festival da Lua é incluído no calendário oficial de São Paulo

Lei aprovada na Câmara Municipal de São Paulo fortalece o intercâmbio cultural entre o Brasil e a China

O Festival da Lua passará a ser comemorado oficialmente em São Paulo a partir de 2020. A Lei 17.197 de 14 de outubro de 2019 inclui a celebração típica chinesa no calendário da cidade. O texto de autoria da vereadora Adriana Ramalho fortalece os laços entre Brasil e China, promovendo o intercâmbio cultural entre os dois países.

“São Paulo é centro internacional de diversas culturas, onde residem mais de 80% dos chineses presentes no Brasil. Este é um grande passo para integração dos dois países”, declarou Thomas Law, presidente do Ibrachina.

 

O Festival da Lua é uma importante celebração chinesa. É celebrado no 15º dia do 8º mês do calendário lunar – entre setembro e outubro. Em 2020, o evento acontece no dia 1 de outubro. A comemoração nasceu nas áreas rurais do país: os antigos imperadores e os trabalhadores do campo agradeciam à lua cheia do outono pela boa colheita. Diversas lendas surgiram a partir deste costume. A mais famosa delas fala sobre o arqueiro Hou Yi e sua esposa Chang’e.

Tradicionalmente, as famílias costumam se reunir para jantar, apreciar a lua e soltar no ar as tradicionais lanternas de papel. As pessoas também compartilham alguns quitutes típicos, como o yuèbǐng (“bolo lunar” em tradução literal). O bolo assado tem formato redondo – que simboliza a união – e envolve um recheio denso e adocicado.

Saiba mais sobre o Festival da Lua!

 

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Notícias relacionadas