2 de junho de 2021

Observatório Coronavírus #323

O Brasil está há duas semanas seguidas registrando estabilidades nas mortes por Covid-19, com média móvel de 1.870 por dia, patamar considerado alto. O número foi divulgado na terça-feira pelo consórcio de veículos de imprensa, com informações das secretarias de Saúde.

 

Também nesta semana, a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou que as variantes do coronavírus serão rebatizadas com as letras do alfabeto grego. Esta decisão surgiu com o intuito de diminuir o estigma e simplificar a comunicação. Agora, o nome das variantes dos países são as seguintes: Reino Unido (Alpha), África do Sul (Beta), Brasil (Gamma) e Índia (Delta).

 

Ainda nesta semana, a empresa brasileira Irani lançou um material de papel capaz de inativar o coronavírus por contato, projeto desenvolvido pela empresa paulista Nanox, em contribuição pelo programa de Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE). Segundo testes, o material demonstrou ser capaz de eliminar 99,9% de partículas do     SARS-Cov-2 em até dez minutos, mesmo se a embalagem ou o papel entrar em contato com líquidos, como água ou álcool em gel, por exemplo. Isso porque há micropartículas de prata e sílica. Abrasão ou reciclagem prejudicam o material.

 

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Notícias relacionadas

Ibrachina e FIEB debatem possíveis parcerias

Além das potencialidades e oportunidades que a Bahia oferece para investidores, também foram analisadas possíveis parcerias com universidades e empresas para educação e qualificação de pessoas

Foto de capa: Rahel Patrasso/Xinhua

Observatório do Coronavírus #117

Brasil integra iniciativa da OMS para facilitar acesso à tecnologia no combate à COVID-19; SP registra recorde de infecções 24 horas após anunciar regras de flexibilização da quarentena