Conheça a tradicional Ópera de Pequim

Conheça a tradicional Ópera de Pequim

O estilo teatral se popularizou em meados do século XIX e é reconhecido como Patrimônio Cultural Intangível da Humanidade

A Ópera de Pequim é uma performance que mescla canto, recitação, dança, atuação, acrobacias e artes marciais. É um dos estilos teatrais mais recentes na história da China. A UNESCO reconheceu a importância da Ópera de Pequim em 2010, conferindo a ela o título de Patrimônio Cultural Intangível da Humanidade.

Ilustrações feitas no século XIX mostram alguns dos personagens da ópera
Ilustrações feitas no século XIX mostram alguns dos personagens da ópera

Esse estilo teatral foi desenvolvido a partir da popularização das peças musicais durante a Dinastia Sung (960 – 1279). Tornou-se uma das mais aclamadas pela corte da Dinastia Qing (1644 – 1912). Em meados do século XIX, começou a se espalhar por toda a China e passou a ser considerada um dos tesouros culturais do país.

Conheça os diferentes estilos do teatro chinês!

 

As apresentações se dividem em “peças civis” (Wenxi) e “peças marciais” (Wuxi). O primeiro formato traz romances onde o foco é a relação entre os personagens. Na maioria das vezes, o papel feminino tem maior destaque. Já no formato marcial, como o próprio nome sugere, os espetáculos são focados em artes marciais e acrobacias. No palco, geralmente observamos um personagem masculino, um com o rosto pintado e um palhaço.

Trecho de “Adeus, minha Concubina”, wenxi que retrata os últimos momentos de um proprietário de terras e de sua concubina preferida.

Uma das características mais marcantes da Ópera de Pequim é o apelo visual. Diferente dos estilos teatrais anteriores ao seu surgimento, os espetáculos neste formato trazem cenários para ambientar as cenas e objetos com os quais os atores podem interagir. As maquiagens são ricas em detalhes, e a intensidade das cores ajuda a identificar cada personagem.

Cada ator possui uma maquiagem característica que ajuda a expressar determinada personalidade
Cada ator possui uma maquiagem característica que ajuda a expressar determinada personalidade

As músicas que dão vida às peças possuem dois estilos: o Xi Pi, utilizado em momentos de maior agitação ou de sentimentos mais intensos, e o Er Huang, que representa suavidade e momentos de reflexão. As bandas ficam ocultas para o público e se dividem entre banda civil (Wenchang), que acompanha os personagens, e o conjunto marcial (Wuchang), que embala as cenas de luta.

A ascensão da arte moderna na China

 

Entre os principais teatros para apreciar os espetáculos na China estão o Chang’an Grand Theater, o Chaoyang Theater, o Huguang Hui Guan, que também possui um pequeno museu sobre a arte, e o Zhengyici Theater. Este último é o mais antigo teatro de madeira do país e é um dos mais procurados por combinar uma atmosfera autêntica com performances de qualidade.

Visão interna do Zhengyici Theater
Visão interna do Zhengyici Theater

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Veja também

Tai Chi

O Tai Chi é uma arte marcial de origem chinesa. Seu estilo suave favorece o relaxamento e a meditação.

Lendas

As lendas e os mitos tem papel fundamental na cultura da China. Centenas de lendas fazem parte do imaginário e da identidade do país.