27 de fevereiro de 2020

Observatório do Coronavírus #25

Aqui você encontra as mais recentes e relevantes informações sobre a situação do vírus no Brasil e no mundo

A edição do Observatório do Coronavírus de hoje traz novos dados sobre a epidemia na China e destaca que Brasil possui atualmente 20 casos suspeitos: 11 em São Paulo e o restante na Paraíba, em Pernambuco, em Minas Gerais, no Rio de Janeiro e em Santa Catarina. Além de um caso confirmado, houve 59 casos descartados. O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, cobrou que o avanço do COVID-2019 seja considerado uma pandemia pela OMS. Medida permitiria ampliar a lista de alerta de países para a doença.

O Hospital Albert Einstein lançou algumas atualizações sobre o caso do brasileiro infectado pelo coronavírus e preparou um documento com recomendações para prevenção. Baixe aqui.

 

STATUS DO CORONAVÍRUS

Até às 24h do dia 26/02/2020, a Comissão Nacional de Saúde da China confirma 78,497 casos de coronavírus em 31 províncias da China, sendo 8,346 casos graves, 2,744 casos de morte, 32,495 casos curados e 2,358 casos de suspeita da doença. Até o momento, 71,572 pessoas estão em observação médica.

截至2月26日24时,国家卫健委收到31个省累计报告确诊病例78,497例,现有重症病例8,346例,累计死亡病例2,744例,累计治愈出院病例32,495例,共有疑似病例2,358。目前累计追踪到共有71,572人正在接受医学观察。

Until 26th February 2020, China’s National Health Commission says the number of confirmed cases of the coronavirus has risen to 78,497 in 31 provinces with 2,744 deaths, 8,346 in severe condition, 32,495 cured, 2,358 suspected cases, and 71,572 people are under medical observation.

Fonte/Source: Xinhua

 

MAPA DO CORONAVÍRUS – CLIQUE NA IMAGEM E ACOMPANHE AO VIVO

NOTÍCIAS MAIS RECENTES

Brasil tem 20 casos suspeitos de coronavírus, diz Ministério da Saúde 

Ministério da Saúde cobra que OMS classifique coronavírus como ‘pandemia’ 

Ao menos 40 países têm casos confirmados de coronavírus, incluindo a China 

Número de casos do novo coronavírus é maior fora da China do que no país

Mulher pega coronavírus pela 2ª vez no Japão

Pacientes com coronavírus recém-recuperados superam pelo 9º dia seguido o número de novas infecções na China

Vinte e seis regiões provinciais na China não têm novo caso de COVID-19

Especialista chinês acredita que surto do novo coronavírus estará sob controle no fim de abril

COVID-19: perguntas e respostas – Vida Saudável | Conteúdos produzidos pelo Hospital Israelita Albert Einstein

Coronavírus: como proteger os idosos, para quem doença é mais letal

 

FAKE NEWS

Coronavírus: Fake News transforma vida de maringaense em ‘inferno’

Saúde alerta para fake news sobre coronavírus no Norte do Estado

Coronavírus pode contaminar encomendas que vêm da China?

É #FAKE vídeo que mostra motorista preso pela SWAT na China por estar com coronavírus

É #FAKE que livro de 1981 previu o novo coronavírus

 

#PRAYFORCHINA

Reunimos aqui exemplos de força, determinação e esperança dos chineses que enfrentam o coronavírus.

Nos últimos dias, uma equipe médica de Fujian levou lanches e conversou com pacientes de um hospital em Wuhan, reforçando o otimismo e trazendo novo ânimo:

 

Esta enfermeira levou um pouco da “primavera” para pacientes em quarentena em Wuhan:

 

Comissários de bordo fazem danças gestuais em um avião transportando funcionários que retornam ao trabalho no Tibete:

 

DEPOIMENTOS

Um renomado especialista chinês diz estar confiante de que o surto de coronavírus estará sob controle até o final de abril:

 

Playlist de mensagens de apoio e solidariedade de autoridades e personalidades brasileiras para o povo chinês. Assista:

Leia aqui as edições anteriores do Observatório do Coronavírus

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Notícias relacionadas

Observatório do Coronavírus #185

Inteligência artificial ajuda diagnóstico de COVID-19. Brasil busca alternativa à vacina de Oxford contra o coronavírus para evitar atrasos na imunização.

Observatório do Coronavírus #126

Governo chinês divulga livro oficial com registros da batalha contra a COVID-19; John Hopkins University volta a exibir dados sobre a pandemia no Brasil em seu monitoramento