29 de março de 2021

Presidente do Ibrachina conversa com Consultor Jurídico sobre questões jurídicas e relações sino-brasileiras

De acordo com Thomas Law, apesar de China e Brasil terem o Direito codificado, ambos possuem ordenamentos jurídicos consideravelmente diferentes. Confira!

O presidente do Instituto Sociocultural Brasil-China (Ibrachina), Thomas Law, conversou com a imprensa sobre os aspectos jurídicos brasileiros e chineses, além das relações sino-brasileiras. Apesar de ambos terem o Direito codificado, Brasil e China possuem ordenamentos jurídicos consideravelmente diferentes.

Enquanto o sistema brasileiro segue o modelo romano, o chinês tem práticas consolidadas no Ocidente com suas noções tradicionais, especialmente a filosofia confucionista. O resultado disso é um Estado que busca cada vez mais aprimorar suas leis e articular um sistema legal socialista próprio.

Confira a entrevista completa no site do ConJur.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Notícias relacionadas

Foto: Fernando Souza / El País

Observatório do Coronavírus #91

Imprensa internacional aponta o Brasil como novo epicentro global da pandemia; Número de infectados se aproxima dos 3,5 milhões em todo o mundo